Arquivo da categoria: Safras

Levantamento safra número 8 da Conab

 

r

Notas: Safra 2017/18 – 8º levantamento (MAIO/2018)

Acompanhamento da Safra 2017/18: MAIO DE 2018

Grãos: algodão, amendoim, arroz, feijão, girassol, mamona, milho, soja, sorgo, aveia, canola, centeio, cevada, trigo e triticale.

(A) Variação absoluta e porcentual do levantamento atual em relação à safra 2016/17.

(1) Exclui-se a produção de algodão em pluma, considerando-se somente a produção de caroço de algodão.

(B) Variação porcentual do levantamento atual em relação ao levantamento anterior, ambos da safra 2017/18.

 

Projeção de safra – Soja – maio 2018 IC18.05

O cenário de La Niña proporcionou um regime de chuvas acima do esperado no país, possibilitando um incremento de produtividade nas principais regiões produtoras de soja. Diante disso, a Céleres® revisou positivamente as estimativas de produtividade e produção no décimo acompanhamento de safra.
Não houve alterações nas estimativas de área, que permaneceu em 34,7 milhões de ha, 2,5% de aumento em relação à safra passada.
Devido aos ganhos de produtividade, o montante produzido foi reajustado para 117,8 milhões de t, 1,8% (cerca de 2 milhões t) a mais do que na estimativa anterior.
Como destaque positivo, a região do MATOPIBA apresentou um aumento médio de produtividade de 12% em relação à safra passada.
Mesmo diante de uma produção maior, o cenário de demanda interna e externa é favorável, assim, o incremento de produção será facilmente absorvido.

IC18.05 – Projeção de safra – Milho – maio 2018

Com a finalização da safra de milho verão, as atenções se voltam para a safra de inverno do cereal.
A Céleres® estima o plantio da segunda safra em 11,4 milhões ha, uma redução de 1% em relação à área da safra 2016/17. A produção será 4,5% menor que na temporada 2016/17, atingindo 63,9 milhões de t.
O plantio fora da janela ideal e uma assimetria climática no país têm sido pontos de atenção para os produtores de milho inverno.
Ao passo que as regiões do centro-norte usufruem de um regime regular chuvas, a região mais próxima do sul do país (PR, MS e SP), ainda enfrenta problemas com a estiagem desde abril/18.
O cenário futuro climático prevê chuvas para esta região apenas na 2ª metade do mês de maio/18, o que já configura perda de potencial produtivo.
Diante de um mercado estressado por estoques de passagem limitados, potenciais perdas produtivas na segunda safra significarão, de modo geral, preços firmes e ainda mais elevados no segundo semestre de 2018.