Arquivo mensal: junho 2018

China desvaloriza a moeda

Desde que a China falou em “guerra comercial” com os EUA e prometeu adotar uma série de “medidas abrangentes”, no último dia 19, o Banco do Povo da China (PBoC) vem enfraquecendo o yuan sistematicamente e anunciou um corte no compulsório bancário pela segunda vez este ano, informa a corretora Terra Investimentos. A desvalorização do yuan compensa em parte o impacto das tarifas mais altas dos Estados Unidos nos produtos chineses, ao reduzir o custo das importações em dólar, mas pode ter impacto sobre a inflação  chinesa no médio prazo.

Hoje, o PBoC conduziu o yuan para seu menor nível em seis meses em relação ao dólar por meio da chamada taxa de paridade. Os investidores estrangeiros retiraram recursos hoje das bolsas da China continental e de Hong Kong, temendo o impacto da tendência de queda do yuan nos lucros corporativos. Com isso, o dólar se valoriza nos mercados internacionais.

Fonte: ADVFN

Anúncios

Dados do Usda, junho 2018

Durante o período de 2015-2016, também tivemos preços deprimidos na bolsa de Chicago. Reparem que o Usda não dá importância a essa “guerra comercial” entre EUA e China e segue aumentando a previsão de importação daquele país. Será que a instituição americana está tentando enganar os produtores norte americanos? Ou será que somos nós brasileiros que estamos a nos enganar? rpprppCabe ressaltar aí que a dificuldade está no equacionamento dos anos safra, sul e norte americano. Ano safra deles com estoque brasileiro no final de setembro em 23 mi de toneladas e ano safra do Brasil com estoque de pouco mais de 500 mil toneladas. É possível saber onde está o enrosco? Sim, é possível, para isso basta acompanhar os dados de exportação de soja da Secex até o final do ano e compara-los,  tirando daí a conclusão.

Fonte das tabelas: site da Fiesp.

 

Afinal, qual o valor da renda dos produtores de milho e soja?

Não existe no Brasil quase nenhum produtor que não reclame das garantias de renda da atividade agropecuária. Por isso resolvi fazer uma comparação entre a renda bruta dos cultivos de soja e milho no país, com o pagamento de juros da divida interna e externa. Vou utilizar o ano de 2014, durante o governo Dilma, em que o governo gastou o equivalente a 600 bilhões de reais somente com juros. Abaixo vou apresentar os gráficos da Conab.rComo podem observar a receita bruta de toda a produção de milho no corrente ano é de 41,41 bilhões de reais.

Agora a soja:

Exp soja

Como podemos ver o total da renda bruta da soja é de 142,64 bilhões de reais. Somados os dois cultivos o total chega a 184 bilhões de reais, pouco mais de 30% do que o Brasil pagou em juros em um ano, e ainda considerando que o ano em comparação é de quase 4 anos atrás. É por isso que essas resoluções da FAO e da ONU são pura conversa fiada para enganar trouxas, nem governo, nem FPA estão ou jamais estiveram preocupadas com a alimentação dos brasileiros, quiçá do mundo como apregoam por aí. E nós não entendemos por que a sociedade fica revoltada com os fazendeiros no Brasil. Além de massa de manobra, somos constantemente manipulados por políticos inescrupulosos ou que são apenas incompetentes. É preciso mudar isso.

Política Brasil – Destaque para potenciais alianças de Ciro com o Centro

O Estadão ressalta hoje que PP e DEM avaliam aliança com Ciro para evitar ficar na oposição em 2019. O racional seria que se feita a aliança e Ciro passar ao segundo turno, bom para eles, se não, a expectativa seria que Alkmin recorreria à centro-direita de qualquer jeito. Dito isso, ainda há muitas dúvidas, especialmente considerando a afinidade ideológica do DEM com os Tucanos. O PT lança hoje candidatura de Lula em Minas, com direito a nova carta de Lula.

Pesquisa política XP – Bolsonaro ainda lidera

Em pesquisa realizada pela XP, o deputado Jair Bolsonaro (PSL), apresenta 23% de intenção de votos na pesquisa estimulada sem Lula, seguido de Marina Silva com 13%, Ciro Gomes com 11% e Geraldo Alckmin com 9%. Ciro Gomes foi único candidato a avançar acima da margem de erro, subindo 5% e passando Geraldo Alkmin. A pesquisa testou pela primeira vez cenário no qual Haddad é apoiado por Lula, que levou a um crescimento de 3% para 11% (e neste cenário Ciro teria 9%). Nas simulações de 2º turno: Bolsonaro lidera com 34% ante 29% de Alckmin; Marina teria 36% ante 35% de Bolsonaro; Ciro apresenta 32% ante 29% de Alckmin; Bolsonaro lidera com 35% se disputar contra Ciro que teria 33%.

Governo publica decreto 9403/18, que garante subsídio de R$0,30 no diesel até 31/07.

O governo publicou ontem o Segundo Decreto (9403/18) de subvenção de R$0,30 do preço do diesel, estendendo o benefício até 31 de julho. O decreto estabelece preços de referência (PR) distintos para cada região do país, e aplica o desconto de 30 centavos no preço de comercialização (PC) para a distribuidora. Caberá a ANP determinar e divulgar a metodologia de cálculo do PR e PC. Beneficiários que quiserem participar do programa de subvenção (como Petrobras e importadores) devem solicitar o benefício por meio de um termo de adesão a ser entregue à ANP. O decreto não apresenta surpresas em relações às medidas anunciadas pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros, com o congelamento dos preços está sendo mantido por 60 dias (até 31 de julho) e o subsídio de R$0,30 sendo custeado pela União. Tendo em vista que o anúncio está em linha com as expectativas, o mesmo não deve apresentar um impacto relevante na ação da Petrobras.

China impõe tarifas sobre importação de frango brasileiro.

Segundo o Ministério do Comércio, a China implementará medidas antidumping temporárias sobre as importações de frango do Brasil a partir de 9 de junho. Os importadores que compram frango brasileiro deverão fazer depósitos que variam de 18,8 a 38,4% do valor. Para JBS (Seara) a tarifa ficará em 18,8%, enquanto o depósito exigido da BRF será
de 25,3%. De acordo com o Ministério de Comércio Chinês, a quantidade de produtos importados e a participação do Brasil aumentaram continuamente, reduzindo drasticamente os preços e causando danos à indústria doméstica chinesa. O Brasil respondeu por mais de 50% do fornecimento de produtos de frango para a China, o segundo maior consumidor mundial de aves, entre 2013 e 2016. A decisão chega num momento difícil para a indústria do frango no Brasil e é negativa para BRF e JBS – a China representa 11% do volume de frango exportado pela BRF. Além disso, a medida ocorre enquanto os Estados Unidos pressionam para recuperar acesso ao mercado chinês de frango, dentro das atuais discussões de tarifas comerciais. Em fevereiro, o Ministério do Comércio da China removeu uma tarifa sobre frangos importados dos EUA.

Fonte: XP