Publicação relativa à comentário no site Noticias Agrícolas.

r

Anúncios

Um comentário sobre “Publicação relativa à comentário no site Noticias Agrícolas.

  1. Todos aqui sabem que sou extremamente contra qualquer tipo de empréstimos via BNDES, aliás eu quero que o BNDES acabe, quero que todos os bancos públicos acabem. Chega de indicações politicas à cargos de presidência disso e daquilo onde o que vale é a indicação politica e não a competência. Pois bem, esse é um dos maiores males decorrentes disso, que qualquer um imbecil amigo de outro mais imbecil ainda consegue dinheiro para contratar as pessoas competentes a preço de banana, o que evidentemente desestimula e desencoraja os que realmente sabem fazer as coisas direito, aqueles que não sonegam o que sabem aos outros por que tem a vontade inabalável de superação individual e coletiva. Não vou me estender muito nessas considerações um pouco mais profundas, para falar do site da Conab. Houve modificações, não sei se por coincidência ou devido às pesadas criticas que fiz ao site tempos atrás, porém o fato é que houveram duas modificações desde aquela época e por isso volto a falar nisso. Em meus delírios fico aqui pensando se o ministro Maggi leu meus comentários ou se ele mesmo por iniciativa própria determinou a mudança no site. No entanto o que importa é que ele determinou a mudança e já na primeira mudança gostei do que vi, agora analiso a segunda fase dessa mudança e constatei que o site está mais completo, porém com alguns erros grosseiros, que fazem a gente imaginar que tipo de funcionário público está a fazer esse trabalho, depois ponho o link da tabela para vocês mesmos analisarem a situação. Penso que talvez o ministro não tenha nada a ver com a situação e tenha sido outra pessoa quem por influencia ou iniciativa própria tenha mudado o site. Os pensamentos martelam na minha cabeça, “esse site é nosso, nós pagamos por ele”. De qualquer forma existe no site novo uma tentativa de atrair os produtores para as chamadas “politicas públicas”, uma tentativa de fazer com que um número maior de produtores participem de alguma forma das politicas governamentais. Eu acho isso um absurdo, não é por que um produtor está desinformado lá no sertão da Cochinchina que outros “melhores informados” tenham acesso a benefícios e privilégios de qualquer tipo oferecidos por e para grupos políticos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s