Carnes obtêm a maior receita cambial dos últimos 14 meses

 Em setembro, as exportações brasileiras das três principais carnes – pela ordem, de frango, bovina e suína – obtiveram receita cambial de US$1,110 bilhão, resultado que representou aumentos de 9,96% e 4,12% sobre, respectivamente, o mês anterior e o mesmo mês de 2015. Essa foi, também, a maior receita cambial auferida pelas carnes desde agosto do ano passado.

Próximos das 510 mil toneladas, os embarques do mês aumentaram 8,65% sobre o mês anterior e 7,42% sobre setembro de 2015. Neste caso, a variação anual só não foi maior porque houve pequeno recuo (em relação ao mesmo mês do ano passado) nos embarques de carne bovina.

O preço médio ainda é um desafio a vencer. Pois, por exemplo, só a carne suína obteve melhora em relação a agosto passado. Já em relação a setembro do ano passado apenas a carne de frango registra variação positiva no preço médio – fato, aliás, que não era registrado desde janeiro do ano passado.

De toda forma, um ganho aqui outro ali garantiu crescimento da receita cambial das três carnes tanto em relação ao mês anterior, como a setembro de 2015. E, aqui, apenas a carne bovina enfrentou recuo de receita em relação ao mesmo mês do ano passado.

(AviSite) (Redação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s