Arquivo mensal: novembro 2014

Os problemas com a FPA

Marcos Montes foi eleito presidente da FPA e toma posse em fevereiro de 2015. Ele falou hoje em entrevista ao site Noticias Agricolas. Basicamente disse que o MAPA precisa de um canal de interlocução com a base do governo e com o parlamento, além de assento na mesa de discussões e resoluções do governo. O que isso significa? Não sei. Sempre pensei que o próprio MAPA tem a interlocução e assento na mesa de discussões e resoluções do governo, pelo menos na agropecuária. Falou também que é preciso deixar questões ideológicas de lado, e que apoia Kátia Abreu como ministra da Dilma. Mas não é exatamente isso que vocês vem fazendo deputado Marcos Montes? Ficam discutindo questões regimentais, administrativas, regulamentais, enquanto o PT constrói sua hegemonia politica! Vejam no blog do Augusto Nunes a entrevista para o Roda Viva do ex ministro da agricultura do governo Lula, Roberto Rodrigues, lá ele explica muito bem como funcionam as coisas dentro da burocracia governamental. O mais interessante nisso tudo no entanto é o fato de Kátia Abreu querer transformar os sem terra em micro empresários, parece deboche, mas não é. Só que há uma contradição imensa aí, nobre deputado Marcos Montes, ou isso não é uso politico do BNDS? E o uso dos bancos públicos politicamente, não faz parte da ideologia do partido do governo? Tenho minhas dúvidas se Dilma vai levar Kátia Abreu para comadre, mas sei que no final ela poderá dizer que fez o possível e que ainda fez muito.

Anúncios